Análise dos grupos da Copa do Mundo

Thumbail

Está chegando o maior torneio de futebol do planeta, torcedores e apostadores deste Brasil! A partir de agora você passa a conferir uma análise dos grupos da Copa do Mundo do Catar. Ou seja, quem chega melhor, os favoritos, palpites dos possíveis classificados ao mata-mata e claro, como apostar online no site Betfair. 

APRENDA TRADE ESPORTIVO GRATIS

Análise dos grupos da Copa: descubra os favoritos

A partir de agora você passa a conferir uma análise dos Grupos da Copa do Mundo, onde descobrirá os favoritos que cada uma das oito chaves da competição. Confira rápidos prognósticos e cotações para apostar online hoje mesmo.

copa-analise-dos-grupos

Grupo A

·         Catar

·         Equador

·         Senegal

·         Holanda

A primeira chave do Mundial do Catar não deve ter muitas surpresas. Estreante na competição e país sede do torneio, o Catar tentará a todo custo não ser o saco de pancadas do grupo. Já o Equador, tenta mirar o desempenho da edição de 2006, quando chegou ao mata-mata.

Dito isto, tudo fica entre Senegal (em sua terceira participação) e Holanda, três vezes vice-campeã do mundo. Tendo em vista que os holandeses ficaram de fora da Rússia em 2018 e possuírem bons jogadores, a tendência é a garantia da primeira colocação.

Todavia, os senegaleses são os atuais campeões africanos e vêm com tudo para ter o memorável desempenho da Copa 2002, quando chegou às quartas.

Quem deve passar: Holanda e Senegal

Cotação da Betfair:

·         Holanda – 1.1

·         Senegal – 1.83

·         Equador – 2.0

·         Catar – 4.5

Grupo B

·         Inglaterra

·         Irã

·         Estados Unidos

·         País de Gales

O Grupo B da Copa é majoritariamente baseado na língua inglesa. Isso porque tanto Inglaterra, quanto Estados Unidos e País de Gales, têm o idioma inglês como principal. Mas isso não ganha jogo, não é mesmo?

O English Team, candidato inclusive para vencer a competição, vai para o seu primeiro mundial sem a Rainha Elizabeth II, que faleceu no último dia 8 de setembro. Já os estadunidenses, que ficaram de fora da edição de quatro anos atrás, retornam com alguns talentos.

A nação mais poderosa do mundo buscará com unhas e dentes a segunda colocação. Que também terá a forte concorrência dos galeses, que não jogam o torneio da Fifa há 64 anos. Já os iranianos só querem uma coisa: não serem o saco de pancadas do grupo.

Quem deve passar: Inglaterra e Estados Unidos

Cotação da Betfair:

·         Inglaterra – 1.5

·         Estados Unidos – 2.1

·         País de Gales – 2.1

·         Irã – 3.5

Grupo C

·         Argentina

·         Arábia Saudita

·         México

·         Polônia

A Argentina, principal candidata ao primeiro lugar do seu respectivo grupo vem fortalecida após a quebra do jejum de títulos. Após ter ficado sem nenhum caneco por 28 anos, a albiceleste, que não é mais dependente de Lionel Messi deve confirmar o seu favoritismo.

Já Polônia e México devem brigar até a última rodada pela segunda colocação do Grupo C. a vantagem dos poloneses neste sentido é poder contar com o melhor centroavante do mundo, que atende por Robert Lewandowski.

Os mexicanos, por sua vez, querem emplacar a sua oitava classificação seguida às oitavas de final da Copa – e também terminar de uma vez por todas com as eliminações nesta fase da competição. A Arábia Saudita, bom, mais uma vez deve jogar como nunca e ser eliminada na primeira fase como sempre.

Quem deve passar: Argentina e Polônia ou México

Cotação da Betfair:

·         Argentina – 1.07

·         Polônia – 1.73

·         México – 1.83

·         Arábia Saudita – 8.0

Grupo D

·         França

·         Austrália

·         Dinamarca

·         Tunísia

A quarta chave do Mundial traz a atual campeã do mundo França, que vem para defender seu caneco conquistado de forma soberana quatro anos atrás. Aliás, o Grupo D lembra e muito o Grupo C de 2018, que também continha franceses, australianos e dinamarqueses.

E por falar na Dinamarca, o país nórdico vem ainda mais pronto para o Catar. A seleção muito bem treinada e com bons resultados na Copa e Eurocopa passada, é um dos principais candidatos a se classificar às oitavas de final

Resta a Tunísia e Austrália saber qual seleção será a menos vazada do grupo. Com duas equipes muito frágeis defensivamente e ofensivamente, os países vêm mais para compor o núcleo de figurantes da competição.

Quem deve passar: França e Dinamarca (não necessariamente nesta ordem)

Cotação da Betfair:

·         França – 1.04

·         Dinamarca – 1.4

·         Tunísia – 3.75

·         Austrália – 4.5

chaves-analise-dos-grupos

 

Grupo E

·         Espanha

·         Costa Rica

·         Alemanha

·         Japão

Campeã de 2010, a Espanha vem como cabeça de chave no Grupo E como uma das principais favoritas ao mata-mata. Após ter vindo de dois fracassos após o título inédito na África do Sul, os espanhóis contam agora com uma geração boa e sobretudo renovada.

A Alemanha, após manter a premissa/maldição do atual campeão que cai na primeira fase na edição seguinte, também chega fortalecida. A troca de comando técnico e a chegada de novos jogadores são os principais pontos que a tornam uma das favoritas do grupo – e da Copa.

Por outro lado, o Japão mostrou na Rússia e de lá para cá que tem plenas condições de pelo menos chegar na fase final. Ou quem não lembra da grande atuação contra a Bélgica nas oitavas na Rússia 2018? Por pouco os japoneses não fizeram história.

Já a Costa Rica deve ser a figurante da chave, tal qual foi em 2018 no grupo do Brasil. Mas não se surpreenda se os costarriquenhos repetirem o incrível desempenho de oito anos atrás. Na edição do Brasil, ela também estava no meio de campeãs do mundo e obteve incrível primeira colocação.

Quem deve passar: Espanha e Alemanha (não necessariamente nesta ordem)

Cotação da Betfair:

·         Espanha – 1.08

·         Alemanha – 1.1

·         Japão – 3.75

·         Costa Rica – 12.0

Grupo F

·         Bélgica

·         Canadá

·         Marrocos

·         Croácia

Bélgica e Croácia foram as duas grandes sensações do Mundial da Rússia em 2018. A primeira, chegou na terceira colocação, sendo o seu maior feito desde que passou a disputar o torneio da Fifa. Já a segunda foi simplesmente finalista e a grande surpresa da edição passada.

Quatro anos se passaram, mas poucas coisas mudaram para os dois pequenos países. Belgas e croatas chegam hoje como equipes afirmadas e que muito provavelmente devem confirmar seus respectivos favoritismos e avançarem à fase final.

Já Marrocos, que voltou a disputar a última Copa após duas décadas, e Canadá, de volta após 36 anos, devem disputar entre si quem será o menos figurante. Aliás, os marroquinos têm como espelho a campanha do Mundial de 1986, quando obteve a 11ª colocação.

Quem deve passar: Bélgica e Croácia

Cotação da Betfair:

·         Bélgica – 1.1

·         Croácia – 1.57

·         Marrocos – 2.8

·         Canadá – 3.6

Grupo G

·         Brasil

·         Sérvia

·         Suíça

·         Camarões

A cinco vezes campeã do mundo vem como a fortíssima candidata a primeira colocação e ao título do primeiro torneio em solo árabe. O Brasil deve confirmar todo o seu favoritismo e avançar na primeira colocação – é assim desde 1978.

Já os suíços, hoje presente como uma das melhores seleções do segundo escalão europeu, devem acabar se contentando com a segundo lugar no Grupo G. Isto é, o panorama se desenha para ser o mesmo de 2018, quando ambas as seleções figuraram na chave E da competição.

Por outro lado, a Sérvia muito provavelmente correrá por fora em busca de uma vaga na fase final do torneio. Vale lembrar que no Mundial de 1974 na Alemanha, quando ainda era denominada Iugoslávia, o país ficou na frente dos brasileiros no seu respectivo grupo.

Já os camaroneses tentam sonhar com a campanha da Copa de 90, quando chegaram a hoje improvável quartas de final.

Quem deve passar: Brasil e Suíça

Cotação da Betfair:  

·         Brasil – 1.4

·         Suíça – 5.5

·         Sérvia – 6.5

·         Camarões – 12.0

lusail-analise-dos-grupos

Grupo H

·         Portugal

·         Gana

·         Uruguai

·         Coreia do Sul

Por fim trazemos a última chave da Copa do Catar. E no Grupo H, tudo leva a crer que a forte seleção portuguesa e a tradicional uruguaia deverão se classificar rumo às oitavas e para além. Portugal, aliás, com a conquista da Euro em 2016 e da Nations League, em 2019, se fortaleceu e muito nos últimos anos.

Já o Uruguai, bicampeão do mundo e que vira e mexe está entre os times que disputam o mata-mata da Copa, também vem com uma equipe. Já coreanos e ganeses ficam mais de lado no último grupo, apesar de que ambos os países já chegaram na fase final da Copa.

Em 2002, a Coreia do Sul foi nada mais, nada menos que a quarta colocada do mundial que sediou. Já Gana chegou nas oitavas na Copa seguinte, mas parou para o Brasil de Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Adriano e Ronaldo.

Quatro anos depois, em 2010, os africanos foram eliminados nas quartas nos pênaltis justamente para os uruguaios, na qual reencontram nesta chave.

Quem deve passar: Portugal e Uruguai

Cotação da Betfair:  

·         Portugal – 1.62

·         Uruguai – 3.1

·         Coreia do Sul – 10.0

·         Gana – 11.0

Favoritos ao título para apostar

Agora você ficou por dentro dos oito grupos da 22ª Copa do Mundo da Fifa, chegou a hora de trazermos para você as cotações dos favoritos ao título. Isto é, através das 10 seleções com menores odds no mercado “Campeão 2022”, presente na seção “Longo Prazo” do site Betfair. Confira e programe-se desde já para apostar online:

·         Brasil – 6.0

·         França – 6.5

·         Inglaterra – 7.5

·         Argentina – 7.5

·         Espanha – 8.5

·         Alemanha – 10.0

·         Bélgica – 12.0

·         Portugal – 13.0

·         Holanda – 13.0

·         Dinamarca – 31.0

Quem é o site Betfair

Além de ser considerado um dos melhores sites apostas online, a Betfair é a maior bolsa de apostas esportivas do mundo. Com seus mais de quatro milhões de clientes ao redor do planeta, o seu ótimo bônus de boas-vindas, exclusivo para novos clientes, é um dos principais diferenciais do site.

Isto é, se registrando na plataforma e realizando o primeiro depósito, o novo usuário terá direito a um bônus. Todavia, essa espécie de pontapé para começar a apostar só é possível na modalidade “Exchange”, seção do site focada na prática de trade esportivo.